Nunca comprar lista de e-mails, porque pode acabar com a sua reputação

lista de e-mails

Há alguns dias atrás eu estava pesquisando sobre lista de e-mails na web com a finalidade de compreender o que há publicado sobre isso no Brasil e no mundo, além de saber um pouco mais sobre as dificuldades que as pessoas enfrentam sobre este tema.

O resultado que encontrei foi um tanto quanto assustador…

Numa primeira pesquisa rápida, encontrei dezenas, centenas de sites vendendo listas de e-mails prontas, com milhares de e-mails cadastrados ali.

A surpresa decorre do fato de que esta é uma prática condenável, já que o dono do e-mail não autorizou a divulgação dos seus dados pessoais para esta finalidade.

E o que é pior, como se trata de uma venda, tem alguém lucrando em cima dos dados de terceiros.

Mas a surpresa maior ainda estava por vir…

Logo em seguida, deparei-me com muitas e muitas perguntas no Yahoo de pessoas que pediam por listas de e-mails grátis e pagas, além de solicitarem recomendações sobre o tema.

Pronto, agora o ciclo se fechava: de um lado, tínhamos a demanda, pessoas estavam interessadas em comprar estas bases de dados cuja origem era desconhecida e duvidosa, de outro lado, tínhamos a oferta, ou seja, gente vendendo listas de um modo ilícito e sem qualquer autorização dos legítimos donos dos emails.

Eu me aprofundei nas questões que as pessoas faziam e compreendi que muita gente estava em busca destas bases, porque, em verdade, desejava melhorar os resultados de seus negócios.

O que elas não pareciam saber é que listas de e-mails compradas podem piorar a situação…

3 bons motivos para você nunca comprar lista de e-mails

nunca comprar lista de e-mails

  • Motivo 01 – Mancham a sua reputação e a reputação do seu negócio

Na minha humilde opinião, este é o maior motivo de todos para não comprar uma lista de e-mails pronta, já que a imagem do seu negócio pode ser completamente arranhada por conta de uma conduta impensada.

As pessoas irão censurar seus e-mails, uma grande parte irá removê-lo para a lixeira, outras irão marca-los como spam e ainda haverá um grupo que lhe responderá com xingamentos e muita raiva.

É isso mesmo que você quer?

  • Motivo 02 – Bloqueia a entrada de seus e-mails legítimos

Como eu disse acima, algumas pessoas irão marcar o seu e-mail como spam…

Os servidores de e-mail se modernizaram e agora possuem avançados filtros antispam.

Quando um número de usuários que estão ali cadastrados resolvem denunciar a prática de spam, o servidor passa a restringir a entrega de todos os seus e-mails futuros, direcionando-os diretamente para a caixa de spam ou, o que é pior, para a lixeira.

Desse modo, mesmo os seus e-mails legítimos e individuais, escritos e disparados por você, serão classificados desse modo.

Volto a perguntar: é isso mesmo que você quer?

  • Motivo 03 – É uma prática ilícita

Além de tudo isso, a compra e venda de uma lista de e-mails é uma conduta ilícita, tanto para o direito internacional, haja vista os tratados de políticas de e-mail, como para a legislação brasileira.

Trata-se de crime pelo uso indevido de informações de terceiros sem a sua prévia autorização ou consentimento.

Quer ter problemas sérios?

Então, compre uma lista de e-mails.

O que fazer então?

lista de e-mail

O e-mail marketing tem o seu fundamento na filosofia do relacionamento com o cliente.

E, como sabemos, um relacionamento saudável deve ser consensual, baseando-se na cortesia e gentileza para que crie laços fortes e dê excelente frutos em um futuro próximo.

É como se tivéssemos que plantar uma semente e regá-la todos os dias para poder usufruir da sombra e dos frutos que esta árvore proporcionará algum tempo depois.

Com as listas de e-mail não é diferente.

O início do relacionamento entre você e o seu potencial cliente se dá no momento em que este diz que está disposto a ouvir o que você tem a dizer.

Você já viu um vendedor vender alguma coisa para alguém que deixou claro que não queria ouvi-lo?

Este diálogo começa quando a pessoa decide colocar o e-mail em uma das caixas de captura disponibilizadas em seu site ou blog, o que lhe autoriza a falar com ela a partir daí.

Com a captura legítima do e-mail, você terá a chance de iniciar um diálogo e deve oferecer conteúdo grátis e relevante, pois agora que ela resolveu lhe escutar, é hora de trabalhar para ganhar a sua confiança.

Por fim, com a confiança em alta e sem abusar da paciência e boa vontade desta pessoa, você oferece algum produto ou serviço, sempre levando em consideração que você não quer que ela perca a confiança que depositou em você.

Conclusão

É por tudo isso que nunca devemos comprar uma lista de e-mails.

O caminho que parece ser o mais fácil é, na verdade, o mais fácil para o seu fracasso e queima da imagem do seu negócio.

Tenha isso em mente antes de praticar qualquer ato que não conte com a autorização e disponibilidade de outras pessoas. Afinal, você quer clientes de verdade, ou uma multidão de pessoas chateadas com a sua conduta?

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre o autor

é Empresário, Consultor em Marketing Digital, Especialista em Vendas e Fundador do Blog Lucrando Online. Saiba mais aqui →

Pin It on Pinterest

Share This