Sempre Facilitar o Cancelamento De Sua Newsletter

FACILITE O CANCELAMENTO DE SUA NEWSLETTER

Outro dia resolvi explorar a minha caixa de spam e fiquei impressionado com a quantidade de e-mails que lá estavam.

Havia muita coisa que eu não havia solicitado e, no meio de tanto lixo, também encontrei algum conteúdo válido, classificado indevidamente como spam pelo meu serviço de e-mail.

O estranho é que nem todos os e-mails tinham aquela opção de cancelamento de newsletter

O que fiz em seguida foi procurar alguma solução eficaz para esta questão usando o Google, mas, uma rápida pesquisa deixou muito claro que este não era somente um problema meu, era um problema gigante, com milhares de reclamações e perguntas sobre o tema.

Sim, recebemos muitos e-mails que não pedimos para receber.

São milhares de e-mails inúteis ao longo do ano.

Entretanto, resolvi inverter a perspectiva e tentar observar a situação sobre o ponto de vista daquele que deseja vender.

Afinal, será mesmo que compensa disparar tantos e-mails que quase ninguém lê? Quais podem ser os efeitos colaterais desta atitude?

Reclamações e imagem

As primeiras buscas que fiz me retornaram reclamações publicamente registradas no site do “Reclame Aqui”, contra empresas que enviavam esses e-mails sem autorização prévia do seu proprietário.

Deparei-me, inclusive, com queixas de que não havia como cancelar a assinatura do newsletter, ou que o cancelamento de nada adiantava, já que os e-mails continuavam chegando.

A relação entre uma reclamação que se torna pública e a imagem da empresa parece bem clara, correto?

Eu não consigo encontrar nenhum ponto positivo para qualquer empresa no fato de ter o seu nome vinculado a uma reclamação a este nível, ainda mais se considerarmos que a reclamação é legítima e tem fundamento.

Por isso, volto a perguntar: será mesmo que vale a pena arriscar a imagem da empresa para disparar e-mails que não geram resultados e ainda podem arranhar a imagem do negócio?

Por que facilitar o cancelamento de sua newsletter pode ser bom?

Agora, oferecendo um novo foco para trabalhar esta questão, pergunto: e se invertêssemos o raciocínio e analisássemos a situação de modo a identificar vantagens e desvantagens na facilitação do cancelamento de assinaturas?

Para a minha absoluta surpresa, eu somente encontrei uma única desvantagem em facilitar o cancelamento de uma newsletter: a diminuição do tamanho da base.

Isso é até bem compreensível, já que, se as pessoas podem cancelar e este processo é facilitado, mais gente tenderá a sair, gerando um fluxo de saída potencialmente maior da base de e-mails cadastrados.

Mas as vantagens parecem bem mais interessantes, superando, em muito a citada e irracional desvantagem que cite acima…. Vamos a elas:

  • Vantagem 01 – Você terá uma lista mais enxuta e eficiente

Se as pessoas que estão desinteressadas no que você tem a oferecer, sejam produtos ou conteúdo, a facilitação do cancelamento simplesmente retira da sua lista aqueles grupos cujo potencial e retorno financeiro é pequeno, ou quase nenhum.

Se você ainda acredita que estas pessoas que estão saindo poderiam se converter e se tornar clientes, aproveite o momento da solicitação de cancelamento para dizer a elas o porquê devem continuar na lista. Explique as suas razões e demonstre o que elas têm a perder com isso.

Se, mesmo assim, elas demonstrarem desinteresse, deixe-as ir e analise o motivo que levaram-nas a se desengajar a ponto de sair.

Você também poderá desenvolver estratégias de reengajamento específicas para aquelas pessoas que não abrem os seus e-mails há um bom tempo.

De um modo ou de outro, não dificulte a saída.

A melhor estratégia de e-mail marketing não se dá através da obrigação ou da força, mas pelo consentimento e pela análise dos reais motivos que fazem uma pessoa desistir.

  • Vantagem 02 – A sua imagem no mercado

A facilitação do cancelamento da newsletter evita que a sua imagem ou a imagem do seu negócio termine manchada como nos casos de reclamação que citei anteriormente.

Na verdade, as boas práticas podem até ter um efeito inverso, contribuindo para uma relação transparente com as pessoas, deixando claro que elas podem voltar sempre que desejarem.

  • Vantagem 03 – Economia…

O que é melhor, ter 1.000 e-mails com 80% de pessoas engajadas, ou 10.000 com 3% de engajamento?

SUA NEWSLETTER

Se levarmos em consideração que a maior parte dos serviços de e-mail marketing cobra pelo número de e-mails que você tem em sua base, tenho certeza absoluta que uma lista menor e mais eficiente pode gerar resultados infinitamente mais satisfatórios do que uma lista ineficiente.

Depois de todas estas considerações, ainda não consigo entender como tantas empresas ainda insistem em disparar e-mails sem uma política clara de gestão deste importante canal de comunicação com o consumidor.

Ora, se o seu potencial cliente, antes mesmo da compra, já está se deparando com um comportamento que o obriga a receber informações que não pediu para receber ou que não deseja mais, o que esperar desta organização quando os prospects virarem clientes de fato?

Não restam dúvidas, facilite o cancelamento da sua newsletter e garanta resultados muito mais expressivos para o futuro.

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre o autor

é Empresário, Consultor em Marketing Digital, Especialista em Vendas e Fundador do Blog Lucrando Online. Saiba mais aqui →

Pin It on Pinterest

Share This