O Teste A/B Pode Impactar Nos Resultados De Sua Campanha De Email Marketing?

TESTE AB

Tenho recebido muitos e-mails perguntando como o teste A/B pode impactar uma campanha de email marketing.

Por conta disso, vamos trabalhar estes testes dando a devida atenção ao seu funcionamento e aos resultados que eles podem proporcionar.

Às vezes eu tenho a impressão de que as pessoas se esquecem do quão recente é a internet.

Estou dizendo isso porque vejo claramente que muitas coisas ainda precisam de pesquisa prática capaz de apontar os melhores caminhos.

A grande verdade é que muita coisa ainda se baseia na boa e velha lógica da “tentativa e erro”.

É justamente neste cenário que o teste A/B se torna ainda mais interessante e pode provocar alterações avassaladoras em termos de resultados em nossas estratégias digitais…

Como Funciona o teste AB

TESTE AB

O teste A/B é uma poderosa ferramenta de marketing que permite que a gente teste diferentes opções e encontre aquelas que melhores resultados podem trazer aos nossos negócios.

Graças a este singelo teste, podemos comparar métricas, de forma a encontrarmos o que é melhor para o cliente, em termos de resultados, conversão, vendas, captura, cliques…

E o melhor é que o teste A/B funciona de modo muito simples…

Vou explicar o seu funcionamento através de um exemplo de fácil compreensão…

Imagine que você tenha uma página de captura de e-mails que converte 50% das pessoas que chegam até ela.

Esta página tem um fundo azul escuro, uma foto de uma pessoa trabalhando usando um notebook em uma praia paradisíaca.

Repare que eu citei dois elementos da mesma página: o fundo azul escuro e a foto.

A pergunta que vem em seguida é: o que aconteceria com a taxa de conversão se alterássemos um dos dois elementos?

O que temos a fazer é manter a página de captura original no ar, intacta, e criar uma segunda versão da mesma, trocando um dos dois elementos.

Em seguida, passamos a distribuir o tráfego que chega em ambas em dois grupos: um grupo de pessoas que é direcionado para a página original e um grupo que é direcionado para a nova versão (por exemplo, com um fundo verde).

O próximo passo é analisar a taxa de conversão em cada uma delas.

TESTE AB

O que aconteceu?

Se a taxa de conversão na nova versão for menor, ela deve ser descartada e a versão original permanece.

Se ocorrer o contrário, descartamos a original e ficamos com a nova.

Assim que concluirmos as análises e decidirmos pela melhor, devemos começar a imaginar um novo teste, seguindo a mesma lógica que citei anteriormente, mas trocando apenas um dos elementos que compõe uma página desta espécie.

Neste exato momento, preciso deixar claro uma coisa que talvez você não tenha notado: o teste A/B pode ser feito em quase todos os elementos do email marketing, ou, talvez, em todos os elementos do marketing digital.

Sim, você pode utilizar a mesma técnica para testar e-mails disparados, com singelas alterações de assunto, texto e figuras; pode utilizá-la para descobrir a melhor cor de fundo para o seu site ou blog, capaz de influenciar o tempo de uma visita…

Enfim, há um sem número de opções a aplicabilidade para esta ferramenta.

De qualquer modo, como iniciamos a nossa conversa trabalhando com um exemplo de página de captura de e-mails, vou compartilhar alguns dos elementos que podem ser alterados para a melhoria dos resultados obtidos…

Elementos que podem ser testados através do teste A/B

TESTE AB

Alguns dos elementos que podem ser testados em uma página de captura de e-mails são:

  • Título – Você pode testar variações do título e analisar qual retorna melhor percentual de conversão.
  • Imagem – As imagens costumam influenciar MUITO as taxas de conversão. É como aquele velho ditado que diz: uma imagem vale mais do que mil palavras”.
  • Botão – Os botões ou o call to action também podem e devem ser testados. Muitas vezes os extravagantes dão mais resultados, mas pode ser que o seu público prefira algo mais discreto e profissional.
  • Formulário – Sim, pode acreditar, até o aparentemente insignificante formulário influencia as taxas de conversão.
  • Cores em geral – Elas também impactam muito os resultados. Duvida? Experimente altera as cores do template e as cores do texto para ver o que acontece.
  • Texto – o texto é o fator de comunicação mais objetivo que você tem com a pessoa que aterrissou em sua página. Teste algumas variações.
  • Vídeo – se você utiliza vídeos, analise o que acontece com a alteração do fundo, mudanças de tamanho e duração…

Conclusão

Diante da simplicidade que envolve um teste A/B, não consigo encontrar razões capazes de justificar a sua não utilização.

Pare para analisar se o que eu estou falando não seria uma verdade…

Quando uma pessoa decide por não realizar o teste A/B mesmo sabendo o potencial que ele tem, ela está assumindo que sabe exatamente o que se passa na cabeça de quem está do outro lado.

Se isso é verdade, devemos assumir que, ou ela tem “bola de cristal”, ou tem uma intuição digna de honrarias, ou, o que é mais provável, tem a arrogância como diretriz de atuação.

Eu espero que você tenha gostado do artigo, se você gostou do artigo deixe um comentário logo abaixo!

Um grande abraço, e muito sucesso!!

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre o autor

é Empresário, Consultor em Marketing Digital, Especialista em Vendas e Fundador do Blog Lucrando Online. Saiba mais aqui →

Pin It on Pinterest

Share This